sábado, 5 de fevereiro de 2011

"comando"


renato gaúcho, ao justificar a contratação do jogador carlos alberto, disse que ele, jogador, havia pedido a ele, treinador - no jogo das estrelas, organizado pelo zico em dezembro último - para que o levasse para o olímpico. aí eu me lembrei de que o casalberto era o garoto propaganda do vasco nos comerciais televisivos, por exemplo, e que, no início da pré-temporada, ele havia prometido que este seria o seu ano com a camisa cruz de malta. 

como se não bastasse, renato gaúcho disse que casalberto não é um jogador problemático, e sim que age (agia) como quer (queria) por falta de comando. e que no grêmio ele teria quem o comandasse.

pro renato gaúcho fica muito fácil falar tudo isso. perante a torcida (aos que acreditam em tudo o que ouvem) ele se justifica bem, mostra confiança em comandar o jogador, e joga a bomba pra todo o vasco, desde os treinador até a direção. 

mas eu realmente gostaria de ouvir o outro lado dessa história.

minha aposta, apesar de todos os infelizes dizeres do gaúcho, é de que casalberto irá render muito pelo grêmio. por um único detalhe: seu contrato é de apenas seis meses. ou seja, ou rende, ou vai procurar outro clube e virar nômade. 

o problema nesse render muito é uma possível renovação de contrato. foi assim no flu, quando começou. no vasco também. jogou muito quando chegou. colocou o chinelinho quando teve o contrato renovado por dois, três anos. 

aposto nele por seis meses.
e não acredito em versões do renato gaúcho até conhecer o outro lado da história.

ítalo.

Um comentário:

Carlos Ramos´Blogger disse...

Todo mundo sabe que o carlos Alberto sabe jogar futebol.basta ele querer.e ele não queria fazer isto no Vasco faz tempo.quando o empréstimo dele acabar ele volta para o Vasco.e se quiser jogar será bem vindo...sober a questão de falta de comando,acho que no Vasco não tinha comando mesmo.quase uma anarquia...
abraço!