sábado, 29 de janeiro de 2011

até que enfim

alguns clubes passam a dar a devida importância aos campeonatos estaduais:

gre-nal com times reservas ou mistos ou b, enfim;
avaí jogando só com o time b.

(alguém sabe de outros times que não estão nem aí para os estaduais?*)

mas é pouco. ainda é muito pouco.

queria ver os times de são paulo, rj e minas com seus
times b e reservas. mandando os titulares pelo mundo a fora
a disputarem amistosos contra outros grandes por aí,
trazendo-os para cá, arrecadando dinheiro e promovendo
jogos promocionais e divulgando suas marcas.

haverei de ver isto um dia, como torcedor. haverei.

ítalo.


* não vale dizer o vasco.

4 comentários:

Ph disse...

O próprio torcedor já sabe "reconhecer" um estadual quando seu time tem uma determinada "grandeza". Agora, quando se nivela por baixo, Estadual tem peso de Mundial.

Carlos Ramos´Blogger disse...

se os estaduais fossem mais curtos,dariam mais retorno,tanto no aspecto de público,quanto de importância comercial.valeria a pena continuar com os estaduais.desde que estes fossem mais curtos.ou no estiulo da Copa da Inglaterra...
abraço

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

Hahahaha...2 coisas a dizer: a primeira é que haverás...ou melhor, haveremos ainda de ver...tenho fé nisto, ainda que velhos e rabugentos (embora eu já o seja).

A segunda: me quebrou, eu ia dizer o Vasco, só pra sacanear...rss

Saudações!!!

kevin disse...

poderiam fazer um estadual com os pequenos, e o campeão disputaria com os grandes. Foi como fizeram no campeonato paulista de 2002