quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

pra chorar

bagunça,
teu lugar é aqui.

aqui no brasil.
país do futebol.
mas também
país da zona futebolística.

eu não sei se alguém consegue ler e assistir a uma matéria como essa e se sentir tranquilo. essa matéria que conta o que foi o dia de vendas de ingressos para o jogo do flu, o jogo que pode confirmar o título nacional para a equipe do rio.

isso me faz lembrar de mim mesmo, no dia 6 de dezembro do ano passado, quase duas horas na fila do lado de fora do maracanã para entrar para o jogo contra o grêmio. e eis que às 16h (o jogo começava às 17h) nos deparamos com o portão à nossa frente fechado. ninguém mais passaria por ali. e nós com os ingressos na mão. e olhávamos lá para dentro e víamos aquilo tudo tomado. e o desespero bateu forte. e saímos em disparada. correndo pelos arredores do estádio em busca de um portão aberto para que conseguíssemos entrar. e conseguimos. e parecia que não era real aquilo. aquele tanto de sofrimento por algo tão banal quanto passar um ingresso numa catraca. ao mesmo tempo que já tinha gente pulando as catracas e tudo o mais. e ao mesmo tempo em que muitas pessoas com ingresso na mão ficaram do lado de fora do jogo mais importante da história do clube nos últimos 17 anos. então que a primeira coisa que fizemos ao entrar no maraca foi chorar. porque não podia ser que tivéssemos vivido tudo aquilo. mas estávamos lá dentro. e pudemos acompanhar de perto aquela festa pela qual tanto sonhamos.

e hoje eu vejo esse desespero nos torcedores do flu, para comprar o ingresso para o decisivo jogo. e fico imaginando o que não sofrerão no dia do jogo para simplesmente assistirem à partida. e realmente me pergunto se isso está certo, e o que pode ser feito para que não seja mais assim. para que o torcedor seja realmente respeitado e para que uma simples operação de comprar ingresso e entrar no estádio seja realmente simples como deve ser. mas não é. e eu lamento dizer que eu não visualizo o dia em que isso será simples aqui para nós, meros cidadãos apaixonados por seus clubes.

para mim, não haverá copa do mundo capaz de dar jeito nisso.

p.s.: o torcedor tricolor, no calor da emoção, encerra a matéria dizendo que depois de tanto sofrimento é merecedor do título. isso fica bonito como discurso autoajuda. não mais que isso. é merecedor de ser campeão quem na última rodada alcançar mais pontos que os demais clubes. time nenhum ganha porque o torcedor sofreu para comprar ingresso ou para entrar no estádio. senão todos os clubes brasileiros deveriam ser campeões o ano todo.

ítalo.

Um comentário:

Claudio Henrique disse...

Infelizmente essas são marcas que vão demorar para serem removidas. O Brasil ainda tem MUITO o que evoluir até a Copa, pois se coninuar assim temo por esse mundial.

Abraços!