sábado, 9 de outubro de 2010

torcer como criança


Reparou na inocência 
Cruel das criancinhas 
Com seus comentários desconcertantes? 
Adivinham tudo 
E sabem que a vida é bela

(Cazuza, "Só as mães são felizes).

tenho levado meu irmão luigi, de sete anos, aos jogos da malwee aqui em jaraguá. não em todos. mas sempre que posso. uniformizados, lá vamos nós. é uma experiência que todos deveriam fazer. ir com crianças para jogos de futebol/futsal. desde que com a devida segurança entre torcidas. no futsal até existe uma rivalidade entre malwee jaraguá e krona joinville, por serem cidades vizinhas. mas eu ainda considero uma pseudo-rivalidade. não se pode levar a sério dois times de futsal ao ponto de criar uma grande rivalidade entre eles. por mais que a malwee tenha os ditos melhor jogador do mundo e melhor goleiro do mundo. por mais que a malwee esteja em sua décima semifinal seguida de liga futsal. por mais que a malwee tenha estado nas últimas cinco finais de liga, vencendo três e perdendo duas. e por mais que a krona tenha se fortalecido nos últimos cinco anos e tenha realizado excelente duelos contra a equipe jaraguaense. ou seja, são duas equipes das melhores do país. mas não quer dizer grande coisa. como não deveria ser grande coisa torcer para time nenhum. por isso que todos deveriam ir ao estádio com as crianças. porque elas de fato mostram para que serve o esporte. ou para que deveria servir. para puríssima diversão. porque a preocupação delas é com a pipoca, o algodão doce e o refrigerante. e elas são capazes de perceber quando um time está melhor do que o outro, mesmo que este time não seja aquele de quem elas vestem a camisa. e elas pouco se incomodam com isto. porque elas ainda não entraram na fase de desrespeitar e menosprezar o adversário acima de tudo. e tomara que nunca entrem mesmo. meu sonho é voltar a acompanhar o esporte como uma criança. 

ítalo.

8 comentários:

Ensaios e Garatujas disse...

É verdade Ítalo.
Bom seria se houvesse o respeito de fato, e não essa besteira de dizer que "y' é ruim porque torço para "x". Não precisamos mais de rivalidades assim.
Abraço,
Philipe

Franccesco disse...

Eu que tirei essa foto.....haha!
Ééééé....ouvi ele falar as vezes vai joinville....hahahaha!

Eduardo Trindade disse...

Bom, muito bom... Quer coisa melhor do que se divertir com e como criança?
Isso é viver.
Abraços!

Moni. disse...

O teu olhar de criança, que se mistura com a dedicação de adulto:

leva pra ver - ensina a torcer;
lê junto - apresenta o mundo.

Sabia que tu vai ser um pai fantástico, Íta???

(só peço, suplico, imploro...deixa a criança escolher o time dela, tá?)

=P

Beijocas!

Luciano Mayeda disse...

Fala Í.ta

Realmente perfeito será o dia em que todos os torcedores deixarem de entrar na fase de menosprezo pelo adversário.
Esse negócio de que rivalidade faz parte e alimenta o futebol é pura bobagem, ótimo seria poder ir ao estádio com todos os amigos, que torcem para diferentes times, e ficar todos juntos. Tirando sarro de forma saudável e se divertindo acima de tudo.

Grande abraço !

http://deolhono-lance.blogspot.com/

Claudio Henrique disse...

É bom assim, jogos sem confrontos entre torcidas. É bom se sentir seguro em um estádio, pena que quase nunca é assim.

Abraços

http://wwwfanaticosporfutebol.blogspot.com/

Dilberto L. Rosa disse...

Perfeita e arguta a sua análise, meu caro: não só deveríamos aprender com as crianças quanto a como torcer por um esporte, como também - e principalmente - deveríamos levar tais noções para as verdadeiras "torcidas organizadas" em que se transformou hoje a Política, entre "Direita" e "Esquerda" (dicotomia já extinta, mas que no Brasil ainda aflora...), PT x PSDB, Lula x FHC etc.

Sobre teu 'post' anterior, vejo que torço pelo teu maior rival, o Vasco (outrora fora o Flu, bons tempos): mas, tal como você (ou até menos) acompanho o Futebol hoje bem mais distantemente que outrora...

Abraço e indo conferir o Chico no outro blogue!

Caetano Lorenzetti disse...

Muito bom o post! É verdade, as crianças tem que ser incentivadas a entrar no mundo do esporte!

Claro que pode utilizar aquela matéria, é de fato, sensacional!

Ah, e eu assisti um pedaço deste jogo. Joinville perdeu chances e entregou por erros bobos!

Abçs.