sexta-feira, 27 de agosto de 2010

o futebol é preconceituoso


o futebol ensina a ser preconceituoso. basta fuçar rapidamente por blogs sobre futebol que fácil fácil é possível encontrar imagens e frases e tiras e piadas preconceituosas sobre times e jogadores e torcedores. E, ainda, acompanhando tudo isso, risadas do tipo “Quááááááááá´”, ou “HAHAHAHAHA”. isso quando não há comentário super inteligentes do tipo: “time de viados”, ou “todo torcedor de tal time é preto e é ladrão”. as imagens que ilustram esta postagem são exemplos disso. todas elas retiradas de blogs de futebol, postadas sob a alegação de que o futebol precisa ser tratado com bom humor, com alegria. e depois, ainda, quem comenta que acha esse tipo de brincadeira muito séria e ridícula e sem fundamento algum, é xingado. coisa óbvia, não? quem brinca dessa forma, só pode mesmo reagir de uma forma grosseira. e as duas formas de preconceito mais recorrentes dizem respeito à cor de pele e à preferência sexual das pessoas. se é viado ou gay, é porque torce pra tal time. se é preto e pobre, é porque é ladrão e, consequentemente, torce pra tal time, o que deixa claro que no futebol não é algo que homossexuais possam ou devam acompanhar. que para torcer para qualquer time você precisa ser, antes de tudo, machão para ridicularizar todos os outros times e torcedores. senão você é apenas mais uma bichona que se interessa por um bando de homens, e não pelo futebol.


são montagens terrivelmente mal feitas. que nada tem de alegria ou de humor. e sim de maldade. e há quem considere isto sensacional no futebol. há quem se refira ao rival como "gaymio", "flamerda" ou "florminense". e ache tudo isso ainda mais genial. e propague isso estufando o peito, porque se não é para xingar, de que serve torcer, não é mesmo? é a rivalidade saindo do que apresenta de saudável. afinal, o que seria de um time grande sem um grande rival? nada, absolutamente nada. tirar sarro pelas conquistas de um time, ou pelos insucessos do rival, é muito diferente de agredir visual e verbalmente se utilizando de preconceitos sociais pra lá de graves e burros.

há uma clara confusão entre alegria e escárnio. entre rivalidade e ódio. entre brincar e ser grosseiro. palavras e significados muito claros, mas que brotam enorme confusão para muitos. e que mancham cada vez mais o esporte e sua credibilidade.

ítalo. 

4 comentários:

douglas D. disse...

há uma dissertação, muito boa, e parece que a primeira a pesquisar a homofobia no esporte brasileiro, mais especificamente, no futebol. rodrigo rosa, orientado pela carmen soares, faculdade de educação física da unicamp.

Eduardo Silveira disse...

(olha que curioso isso de fazer um estudo sobre isso)
mas enfim, assino embaixo ao sei dito.
você não sabe o quanto me desiludo sempre que alguma notícia de briga de torcedores chega até mim... sabe..coisas ridículas como alguém que leva uma pedrada na cabeça, enquanto está num ônibus a caminho do jogo. e tudo isso porque torce para o time oposto do tal Caim.
não é perder a fé na humanidade?

e isso do humor é um caso difícil, vc bem sabe. humor não tem censura.
o que há é texto que aparentemente de humor. como aquela foto do guinhanzú. ainda estou procurando a graça. (e repare que sou neutro, visto que não torço pro colorado.) lembremos que o humor, o de verdade, é universal. como aquele bom cartaz que vc usou numa postagem recente. aquele fica, aquele é humor. e esse ali? uma provocação barata pra meia dúzia de hienas (sorry) rirem sozinhas.

me parece impossível mudar essas cabeças aí com a idiotice em curso. aos pequenos torcedores podemos apresentar um novo jeito de ver o esporte. não como um ringue, e sim como uma confraternização. ainda que eu seja um cético, acho essa discussão super importante.

abraço

Ensaios e Garatujas disse...

Também não tolero. Meus tios tem muito disso, xingar os torcedores rivais sobre o pretexto de que "também somos tratados assim". Apenas desculpa pra poder extravasar os coices que levam do chefe ou sei lá quem. Futebol não é isso.
Abraço

Eduardo disse...

SILAS NO FLAMENGO!!!

Melhor que o Parreira.... hehehehehe