sexta-feira, 20 de agosto de 2010

mais uma vitória bonita


há uns meses, eu fiz um post aqui dizendo o quanto fora bonita a vitória do inter sobre o emelec, na estreia daquele que viria a ser o campeão da liberatadores 2010, no beira-rio. e agora eu volto a escrever sobre uma vitória bonita. mas não a que deu o bi ao inter. e sim a que classificou o palmeiras para a próxima fase da sulamericana.

acho que tenho tendência a gostar de vitórias com gols no final do jogo. são mais emocionantes, sem dúvida. e em confrontos assim como um palmeiras x vitória eu não torço para ninguém. torço para um jogo bom e que valha à pena assistir. foi o que aconteceu hoje no pacaembu. mas muito por conta do palmeiras, porque o vitória veio como time pequeno que é, recuado e disposto a segurar o jogo. só. tomou o golpe aos 44 minutos do segundo tempo, numa cobrança de falta ma-gis-tral do marcos assunção. abrindo parênteses: eu sempre gostei desse cara batendo falta. lembro dele há uns dez anos jogando pelo flamengo e fazendo gols de falta. uma precisão incrível. e o chute dele é forte, além de tudo. fechando parênteses.

a vitória do palmeiras por 3x0 - placar que lhe classificava diretamente, sem necessidade de penais - foi ainda mais bonita por outros fatores, não necessariamente nesta ordem. primeiro, a competência que tem esse sujeito chamado luiz felipe scolari para jogos mata-mata. dos 37 que ele disputou, venceu 30. isso é mais do que incrível! e pelo momento que ele vinha atravessando no clube, nessa volta, e pelo time limitado que ele mandou a campo, a vitória foi espetacular. em segundo lugar, foi uma belíssima vitória para coroar os 500 jogos de marcos, o são marcos, com a camisa do porco. gente, 500 jogos com a camisa de um time, pros dias de hoje, é uma marca tão importante quanto as vitórias de felipão em mata-mata. e, em terceiro lugar, uma puta vitória pela festa que a torcida alviverde fez o tempo todo. estádio praticamente lotado e uma torcida que não parou de cantar um instante sequer. uma festa lindíssima! premiada com o golaço de falta. 


ao final do jogo, eu já tava torcendo pelo alviverde mesmo, para que a festa ficasse completa.

ítalo.

Nenhum comentário: