quinta-feira, 29 de julho de 2010

não é

e futebol não é coisa séria, ok? futebol não pode ser coisa séria. futebol é molecagem. futebol é brincar com uma bola. é enfeitar quando não se deve, sim. é fazer o que ninguém faz. futebol é o espaço da ludicidade, por mais que os fatos mintam este dizer. futebol deveria ser ludicidade, então. futebol tem que ser um pênalti batido assim: 


e outro batido assim:


futebol é essa defesa que fez o goleiro do vitória. não foi neymar quem perdeu. foi o lee quem defendeu. é preciso olhar com outros olhos. é preciso lembrar zidane e loco abreu, que acertaram o que neymar errou. e é preciso perceber que agora, se os goleiros forem mesmo espertos, não sairão que nem bobões para qualquer lado. 

o futebol só ganha com isso. e o futebol precisa de mais neymar's, sim. e de menos times como o do são paulo e de menos técnicos como muryci ramalho. o futebol precisa de mais santos.

ítalo.

6 comentários:

G. F. Busnardo (Gui) disse...

Olha Ítalo. Quando se trata dos outros times, tudo bem. Acho legal essa loucura. Agora, quando se trata do MENGÃO, prefiro um pênalti sem graça, mas com a bola no fundo do gol, do que um pênalti batido da forma mais criativa nas mãos do goleiro.

Caetano Lorenzetti disse...

Concordo com suas palavras e com as de Dorival. Se Neymar fizesse, seria o gênio, como não fez, foi displicente.
Futebol é fazer o que ninguém espera.

abç!

http://analisefc.blogspot.com/

Camila disse...

Eu particularmente não vejo mt graça nessa forma "loco abreu" de cobrar penalti.
Já o penalti do espanhol...

Léo Santos disse...

Cavadinha não é paradinha, viu Neymar! Paradinha favorece o cobrador, é uma covardia para com o goleiro, já um penalty cobrado com cavadinha é um lance de grande categoria, de méritos para quem cobra. O Neymar é o rei da paradinha, porém, pra cavadinha faltou categoria!

Nem preciso dizer que eu, como gramista, estou torcendo para o Vitória.

Um abraço!

sidnei olívio disse...

Assino embaixo, meu caro. Abração.

Moni. disse...

Eu adoro jogo bonito.

Eu saio em estado de graça do estádio quando, mesmo o Ferroviário tendo perdido, mandou no jogo.

Ouço de lá:
- Perderam de novo!

E falo de cá:
- Mas foi lindo. Mandamos no jogo. Merecíamos.

Infelizmente futebol não é decidido por juri. Acho que se fosse, meu time era da primeira. Precisa de resultado, é fato. E que seja assim, então.

Torço pela beleza diante dos meus olhos.

Talvez eu não seja normal... Mas não me importo nem um pouco com isso... ^^

P.S.: Tenho PAVOR dessas paradinhas. Acho desonesto. Jogo baixo...