quinta-feira, 3 de junho de 2010

o que você prefere?

ver seu time jogando o fino da bola
e, inda'ssim, não conquistando um bom resultado.

ou ver seu time jogando nada vezes nada,
e inda'ssim ganhando o jogo?

tinha uma propaganda, acho que de banco,
que cantava assim "o que faz você feliz?".

e aí, torcedor,
o que faz você feliz nessas duas situações?

ítalo.

8 comentários:

Franccesco disse...

Ééééé.....e agora?
Temos um exemplo classico no Brasil, o São Paulo, jogando um futebol sempre sem graça ganhou o brasileirão 3 anos seguidos...

Esta frase "O que faz você feliz?" É de um comercial do grupo Pão de Açucar, ele termina dizendo, "Pão de açucar, lugar de gente feliz"....rsrsrs!

Aninha Kita disse...

Eu gosto de ver jogando, sem dúvida. Gosto de saber que meu time vai jogar mesmo quando era pela série b em qualquer campo ruim, em dias e horários atípicos.
O resultado é como o final de um livro ou filme, faz-nos um bem danado quando é positivo, memorável, mas não é o essencial, não se assiste só pelo fim.
Ideias minhas... rs
Ana

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

À parte os times, foi frustrante ver o Brasil perder pra Argentina, jogando muito mais, com um gol do Caniggia ao finzinho do 2.º tempo...

E foi massa ver o Brasil ganhar da Argentina, jogando pior, com Adriano fazendo um gol no finzinho do segundo tempo, levando pros pênaltis, oportunidade em que ganhamos o título...

A história, infelizmente não registra o bom jogo, só canta os vitoriosos...

G. F. Busnardo (Gui) disse...

É muito frustante ver o time perder jogando bem. Fico com a vitória mesmo que jogando mal. ;D

Moni. disse...

Acho que carrego o meu romantismo também pros campos...

Se eu pudesse escolher a regra, venceria quem jogasse mais bonito. No dia seguinte ao estádio, aqui, no meu caso, é quase sempre dia de dizer que "mandamos no jogo o tempo inteiro", "tivemos muito mais chances de gol", "mais tempo com posse de bola", ou ainda "você viu aquela jogada fán-tás-ti-ca do fulano???"

Sem perdão, vale a regra: vence quem faz.

E por mais poético que seja o conjunto da obra, não fazer significa esperar o ano que vem pra ver seu time de novo e isso é frustrante. Falei sobre isso ontem com amigos. Até sonhei assistindo a um jogo do Ferrão...rs

Ah! O comercial é do Pão de Açúcar. Salvo engano, é meio que uma paráfrase de um poema lindo do Antunes...

E tu, Íta? O que te faz mais feliz???

Í.ta** disse...

imagina se a moni não ia me cutucar, né não, dona botafoguense?!

pois eu fico com duas ideias. com a tua, primeiro: a ideia romântica do futebol bonito, que encanta independentemente do resultado. porém, e talvez pelo momento, ainda com a eliminação na liberta latejando na cabeça, eu fico com a ideia do gui: é frustrante demais - e demais mesmo - ver o time jogando bem e não dando certo. e das dores a gente tenta fugir vezemquando, não é mesmo? por questão de segurança própria mesmo :)

Caetano Lorenzetti disse...

Eu estou nesse dilema.. afinal, sou colorado. Até agora meu time não vem apresentando bom futebol, mas, está na semi-final da libertadores. Espero sinceramente que ele volte a apresentar algum futebol, e eu acredito nisso..
http://analisefc.blogspot.com/

FuteB.R.O.N.C.A.! disse...

Caro Ítalo,

Difícil escolha. Mas como não foi dito que eu deveria descer do muro, permaneço confuso! Rsrs... Mas o ideal - e utópico na modernice que se transformou o futebol hj - seria jogar bonito e vencer. Creio, cético que sou, nunca mais ver isso em campo!

Abraço!