quinta-feira, 13 de maio de 2010

há derrotas e derrotas

há derrotas que doem fundo. que ferem. deve ter sido, imagino eu, o que sentiram os corinthians na semana passada. mesmo vencendo, foram eliminados. num jogo muito parelho contra outra grande equipe. são coisas do futebol. acontece. ora se ganha, ora se perde. mas dói. fiquei na minha. não tirei sarro de amigo meu corinthiano que sei que deve ter sofrido muito. questão de respeito.
_______
há derrotas que nem damos bola. jogos desimportantes, campeonatos chatos, afins. 
____
e há derrotas que aceitamos numa boa. há derrotas incontestes. derrotas em que, antes de reclamar de nosso time, devemos aplaudir o time adversário. reconhecer a superioridade adversária. saber perder.
perder para a la'u, no maraca, não me doeu, não. por mais que seja uma libertadores, não deu. foi uma vitória maiúscula do time chileno. um baita de um time. um timaço, quase. venceu por três, mas poderia ter vencido por mais. tomou dois, mas um sob obra do acaso mesmo, por mais que o fla tenha perdido gols claríssimos. foi a vitória da inteligência e da frieza perante a burrice e a ingenuidade. é este o mal do fla e dos times brasileiros, quase sempre. são ingênuos. são tolos. vão na base da emoção. foi isso o que o fla fez. e eu torci, torci muito, novamente. fico esgotado ao final de um jogo desse. de tanto torcer. mas não deu. poderiam continuar jogando mais noventa minutos, que não daria. e isto que os chilenos jogaram quarenta e cinco minutos com um a menos. mas correram muito mais que todo o time do fla. e correram com inteligência. foram precisos na marcação. davam carrinho na área adversária. contra-atacavam em bloco. coisa impressionante. eu comentei com o pai: devemos aplaudir esse time chileno antes de malhar nosso time. não fomos nós que perdemos, foram eles que ganharam. na expressão popular, deram um banho de bola.  
______

____
e assim, imagino, devem se sentir os torcedores do santos e do cruzeiro. perderam para dois times que jogaram muuuuita bola. o são paulo foi de uma frieza e de uma precisão impressionantes no mineirão. e o cruzeiro, por mais que tentasse, não era dia. já no olímpico, grêmio e santos fizeram um partidaço. o que foi o primeiro tempo santista? foram dois, quase três. aí, a defesa do santos fez o favor de apimentar o jogo. e que ataque este do grêmio! fantástico! uma virada sensacional. porém, do outro lado, um santos também frio ao marcar o terceiro e buscar um possível empate. ficou em aberto. aposto no santos, na vila. mas o grêmio fez coisa de outro mundo ontem. sensacionais as duas equipes! e, na semana que vem, no morumba, o zeiro até pode reaver. será difícil. mas eu não duvido de nada, nada mesmo no futebol. graças aos times cariocas, ano passado. depois do que o flu fez pra se livrar do rebaixamento; depois do que o fla fez pra ganhar um brasileiro daquele jeito; e depois do fogo ter vencido o carioca deste ano como venceu, não duvido de nadim, nadim, mesmo.
________

apenas me encanto. encanto-me cada vez mais com o futebol. mas confesso que gostaria de poder sofrer menos, bem menos. de mais me encantar do que de torcer. taí um objetivo de vida! rsrs
_______
ítalo.

Nenhum comentário: