quarta-feira, 19 de maio de 2010

abrindo espaço: as cores azuis

semifinais da libertadores de 2007. grêmio x santos. jogo de ida, no olímpico, 2x0 grêmio. jogo de volta, na vila, 3x1 santos, de virada.
______
quartas-de-finais da libertadores de 2009. cruzeiro x são paulo. jogo de ida, no mineirão, 2x1 zeiro. jogo de volta, no morumbi, 2x0 zeiro.
_____
hoje, 19 de maio de 2010, dois times paulistas e duas possibilidades de revanches. ou não.
_____
pois busquei torcedores desses quatro grandiosíssimos clubes brasileiros envolvidos em dois jogos que prometem ser de arrepiar. porém, só consegui retorno de dois torcedores dos times das cores azuis.
____
pois são os textos deles que serão agora aqui lançá-los.
______
algum são paulino ou santista que queira ressaltar a paixão pelas cores do seu time, à vontade.
na caixa de comentários, ou me enviando um texto, que acrescento aqui na postagem até o momento do jogo, certamente.
_ _ _ _ _
"Comecei a acompanhar futebol através do meu pai, e fui evidentemente influenciada por ele ao escolher o Cruzeiro Esporte Clube como predileto. Anos mais tarde abandonei o futebol em prol de objetivos maiores e preocupações que me afastavam do mundo da bola.
Foi aí que pude, de verdade, apurar minhas opiniões e escolher meu time. Por coincidência, ou não, repeti a escolha e percebi que minha pele era azul. As emoções que o Cruzeiro me provocam não encontrei em nenhum outro esporte, a forma como vejo meus ídolos celestes não consigo adaptar em nenhum outro mortal, ouvir o apito de bola rolando parece ser sempre a primeira vez, aquele mesmo frio na barriga e o otimismo de sempre.
Não há o que discutir. Ser Cruzeirense é acordar todos os dias com o entusiasmo de uma final de 1976 no peito, acordar com o peso das chuteiras de Nelinho nas costas, torcer com a paixão de Sorín, nunca aceitar uma derrota e ver cada dia do time como uma “página histórica imortal”.
Agora, prestes à decisão de uma vaga para as semifinais da Libertadores o clube entrará em campo adversário em desvantagem. Precisa vencer por 2x0 e levar aos pênaltis, ou aplicar uma diferença de 3 gols.
No que pensar? Se perguntaria qualquer torcedor. O torcedor Cruzeirense só pensa na vitória, todos nós estamos otimistas, planejando vencer na casa adversária, mesmo com a consciência do quão difícil isto é. Respeitamos o São Paulo e não esperamos um jogo fácil, esperamos um jogo imortal. Se porventura esta vaga não for nossa, o orgulho de ver o time lutando até o último segundo será tão grande quanto o orgulho de um título.
Nada neste mundo me causa tanta felicidade quanto vestir a camisa que trajou Niginho, Tostão, Piazza, Sorín, Alex, etc. Ser Cruzeirense é saber comemorar a cada dia todas as vitórias, mesmo as que não pudemos assistir, é também saber aceitar que nem toda vitória é convertida em gols ou em títulos. Por isto somos tão combatidos e jamais vencidos.
“Somos um punhado azul de raça inquebrável” já dizia Juampi".
_____
Lílian Alcântara, blogueira.
_ _ _ _ _
"Reflexo da vida
__
A dor de um ferimento na carne
O alívio do curativo
A alegria na conquista de um emprego
A decepção com a perda da namorada
Um momento de raiva num avaliação autocrítica
O orgulho por ter realizado um excelente trabalho
Raramente joga belo e leve
Muitas vezes feio, duro
Vida tem de ter o tempero dos contrastes.
Caso contrário, não forja a personalidade.
Por isso os lamentos com as quedas em 91 e 2004
Por isso as glórias mais celebradas em 81, 83, 89, 94, 95, 96, 97 e 2001
Por isso tem cores diferenciadas para mostrar que a luta exige várias atitudes, mas nunca a rendição
Por isso novembro de 2005 virou marco, numa batalha de modelo para todos os demais
Por essas complexidades seja invejado e odiado. Mas sempre respeitado.
E os apaixonados por ele sabem que viverão emoções distintas em qualquer confronto..
E estarão sempre junto....é lema, é hino, está no DNA...
Até a pé....sempre estaremos...onde estiver....
Porque sabemos....és imortal"
___
Diego Rosa, jornalista do jornal anotícia.
_ _ _ _ _
ítalo.

2 comentários:

Ale disse...

Postagem perfeita!
Hoje à noite os times de azul abrirão espaço no cenário nacional e todos irão ver que futebol é mais do que qualquer time do eixo Rio-São Paulo.

Aliás, para os times de AZUL, futebol é uma questão que vai além da vida ou morte.

http://ale-gremista.blogspot.com

Í.ta** disse...

não deu pros "azuis". foram vibrantes, guerreiros, jogaram à flor da pele, mas do outro lado havia dois times muito bons. um são paulo extremamente frio e eficiente. e um santos encantador e mais ainda eficiente. coisas do futebol. as revanches se confirmaram hoje.