terça-feira, 16 de março de 2010

a diferença

há quem diga que o futebol é uma espécie de emburrecedor das pessoas. que o futebol só torna as pessoas mais grosseiras, machistas e violentas. e que, por isso, acompanhar futebol é de uma burrice sem tamanho. como se, pelo fato de uma pessoa gostar de futebol, isso a torne uma pessoa estúpida. como se futebol não pudesse nunca ser discutido, conversado, ou até mesmo motivo de boas risadas.
_____
generalizar é o que há. torna-se tudo tão fácil, não?
_____
não é preciso querer tapar o sol com a peneira e argumentar que futebol não tem relação com violência. infelizmente, tem. e o caso da pancadaria no campeonato goiano, entre jogadores e torcedores, só prova isto. a briga com mortos entre torcedores de flamengo e vasco, final de semana, só prova isso. mas daí a dizer que todo torcedor é briguento, que todo jogador é tapado e violente, menos, né, não?
______
futebol é magia também. não só. é violência. mas é encanto. é paixão. é inteligência. é cultura. se assim não fosse, não significaria tanto quanto significa no mundo todo, mesmo que para alguns não passe de uma forma de manipulação, como se tudo o que gira no mundo não fosse isto: manipulação, tomada de poder sobre o outro, jogo de interesses. hipocrisia de menos faz bem pra caramba.
______
futebol é, sim, uma grande porcaria em cenas como a mostrada acima. mas é também gratíssima surpresa em cenas como esta abaixo.
_____
um singelo beijo do jogador willians, do flamengo, no jogador phillipe coutinho, do vasco. rivais por demais. pênalti de willians sobre coutinho (que foi o melhor em campo no clássico, inclusive). e, como pedido de desculpas, e preocupado em não ter machucado o companheiro de profissão, willians deu um belíssimo de um beijo no jovem jogador vascaíno. foi a cena de maior surpresa do futebol no final de semana. só não foi de maior relevância que os dois pênaltis defendidos pelo bruno, pois não influenciaram tanto no resultado do jogo.
_____
e, claro, como não poderia deixar de ser, há aqueles que escancaram o que são e pensam: que o ato do willians foi de uma bichice sem tamanho. que jogador do flamengo é assim mesmo, um preto bicha. que torcedor é igual. ora, como não? generalizar é o que é, não é, não?
____
ítalo.

Um comentário:

Wilson Torres Nanini disse...

O beijo do Willians foi multiplamente surpreendente. Primeiro, pela coragem de reconhecer o mal feito ao semelhante; segundo, pelo seu alheamento a possíveis comentários preconceituosos sem causa e, ainda, porque, através do beijo, ele amaldiçoou o Vasco, que perdeu dois penaltis. Abraços!