terça-feira, 30 de março de 2010

um ano do primogênito

hoje se completa um ano do lançamento do meu primeiro livro. do meu primogênito. um livro em nada literário, e muito em biográfico. um livro escrito em parceria com meu pai. na verdade, a ideia toda foi dele. desde 2005 matutando a escrita de um livro que contasse a história do meu avô, pai dele, ex-goleiro do caxias na década de 50.
_____
foram alguns entraves que tivemos. tentamos via fundação cultural, editais do estado e o escambau a quatro. óbvio, tomamos na cara.
_____
aí, com ajuda familiar, metemos a cara em fazê-lo por conta própria. e o filhote nasceu. e foi lançado no dia 30 de março de 2009, na s.e.r. tigre, num evento bonitéssimo (tá, eu sou suspeito a falar).
______
hoje continuamos vendendo/distribuíndo o livro. vezemquando encontramos alguém que ouvira falar mas que não tivera acesso. vezemquando revemos pessoas importantes que são parte da história contada no livro.
____
um recorte da história do futebol joinvilense e catarinense. um foco sobre os anos 50 e o bicampeonato do caxias de joinville. mas não só. há muito da história do futebol catarinense em todas as décadas, até os anos 2000. há a trajetória do vô, vilmar puccini, como pessoa e como profissional. há a trajetórias de outros tantos com quem vô conviveu. um resgate, sim, de certa forma.
____
comemoramos discretamente, eu e pai, esta data. que para sempre ficará marcada entre nós. a sensação de ter um livro publicado é gostosa. é diferente de tudo. entrar em algumas livrarias e ver um livro de sua autoria lá. ver um livro de sua autoria procurado pelas pessoas. não há nada de luxuoso nisso, não. há muito de satisfatório. uma sensação de dever cumprido após tanto tempo de pesquisas, leituras e escritas. afinal, um livro tem de ser feito, também, pensando no seu possível leitor. assim o fizemos.
_____
ítalo.

segunda-feira, 29 de março de 2010

o camisa dez

morreu na manhã de hoje o "mestre armando nogueira". assim chamado por todos os jornalistas esportivos brasil afora. dizem que a unanimidade é burra. também acho. então é bem possível, ainda bem, que existam tapados que não o considerem o gênio que foi ao descrever o futebol como ninguém ainda o descrevera.
_____
o futebol, pelos olhos de armando nogueira, era mais do que o futebol. era algo que ultrapassa as conversas triviais que tanto ouvimos e falamos. o futebol era a vida e mais um pouco ali.
_____
dizia o mestre que a palavra ressuscita. e era isso o que ele fazia. ele ressuscita a palavra. ele resssuscita o futebol através da palavra.
_____
armando nogueira pra mim é lembrança dos jornais de domingo e de seus textos sempre tão diferentes dos tantos que eu lia diariamente. ali eu encontrava uma sequência de palavras que me fazia silenciar. que me fazia tentar ver o futebol por outros olhares mesmo. por novos ângulos. por algo a mais do que um bando correndo atrás de uma bola. ou do que um bando torcendo desesperadamente por um bando outro.
______
como forma de homenagem, deixo aqui algumas frases célebres recolhidas por espaços da internet neste dia todo dedicado à lembrança deste que foi o camisa dez da crônica esportiva (nelson rodrigues, pra mim, era o ponta, aquele que infernizava geral).
_ _ _ _ _
“Gol de letra é injúria; gol contra é incesto; gol de bico é estupro.”
_____
“No futebol, matar a bola é um ato de amor. Se a bola não quica, mau-caráter indica.”
____
“Pelé é tão perfeito que se não tivesse nascido gente, teria nascido bola.”
_____
“A tabelinha de Pelé e Tostão confirma a existência de Deus.”
_______
“Deus é esférico.”
______
“Se a bola soubesse o encanto que tem, não passaria a vida rolando de pé em pé.”
_______
“Tu, em campo, parecias tantos, e no entanto, que encanto! Eras um só, Nílton Santos”.
_______
“A tabelinha é o triângulo amoroso do futebol.”
_______
“No futebol, matar a bola é um ato de amor.”
______
“Olha, leitor, aquele ali é o Geraldino. Ele vem buscar a vitória que, lá fora, a vida lhe negou a vida inteira.”
______
“Heróis são reféns da glória. Vivem sufocados pela tirania da alta performance”
_____” O calendário do futebol brasileiro não é gregoriano nem juliano, é cartoliano”
______
“Para Mané Garrincha, o espaço de um pequeno guardanapo era um enorme latifúndio.”
______
“Perder não é nada, duro é não se achar.”
_ _ _ _ _
ítalo.

domingo, 28 de março de 2010

nada com um clássico...

... para afogar as mágoas. ou os maus resultados.
______
o vasco, aquele mesmo de derrotas para fla, macaé e americano (e ainda empate contra o asa), sapecou sonoros 3x0 no fluminense, o time até então invicto nessa segunda fase do estadual. e agora esse vasco-quase-em-crise pode chegar nas semifinais e dar o troco em fla e bota. ou não. qual será o vasco a entrar em campo nas semifinais? antes disso: qual será o vasco a entrar em campo contra o asa e depois contra o duque de caxias.
______
o corinthians, aquele mesmo que perdeu do paulista no meio de semana, venceu um clássico e-le-tri-zan-te contra o são paulo. um são paulo que continua uma incógnita. depois de cinco vitórias seguidas, jogando nada, perdeu duas, jogando em uma nadica de nada, e hoje, no clássico, depois de estar perdendo, até que resolveu correr e jogar um pouco mais, mas não o suficiente para evitar a derrota nos acréscimos. a pergunta fica para os dois: qual corinthians e qual são paulo entrarão em campo pela libertadores no meio da semana? e, se passarem pras semifinais do paulista, qual time entrará em campo?
______
o inter não venceu clássico nenhum, não. até mesmo nem haverá grenal nesse segundo turno. mas com essa sequência de seis jogos sem vitória (quatro empates e duas derrotas), pode se classificar em quarto e pegar o grêmio já nas quartas-de-final do gauchão. aí, quem sabe, poderá ir à forra contra seu maior rival. nada como um clássico para sanar uma crise. mas o torcedor colorado fica naquela: e quarta-feira, pela libertadores, qual time entrará em campo?
______
cá por santa catarina, o jec, o instável jec do segundo turno, venceu por bons 3x2 o avaí, o ainda bicho-papão do estadual. o mesmo avaí que sofrera o empate quarta-feira passada contra o figueira, na ressacada, aos 49 do segundo tempo, e que agora passou a liderança do returno justamente ao maior rival. devem se classificar os dois da capital. podem se cruzar valendo vaga na final. podem encarar o jec na finaleira. e quem vai à forra será?
_____
enfim, o bom dos estaduais são mesmo os clássicos. jogos em que tudo acontece. jogos que valem a pena acompanhar. e logo mais chega a reta final desses campeonatos chatos. ufa. um jogão atrás do outro. e os times tentando tomar rumo, pois daí, sim, começará o que importa no país: o brasileirão. quem será quem? isso é assunto mais pra frente..
______
ítalo.

quinta-feira, 25 de março de 2010

zebrinhas adoráveis

o bom do futebol é o imprevisto. é aquilo que não esperamos e que acontece. ok, pode até não ser bom para muita gente, mas é o que encanta nesse esporte tão cheio de buracos e atitudes incongruentes com sua imagem. nesse mar de lama, digamos.
_____
e essa quarta-feira que passou foi própria naquilo que há de surpresas no futebol.
____
e com todo o respeito que me cabe aos torcedores dos times que ficaram desapontados com os imprevistos ocorridos, são eles que dão razão de existir ao futebol.
_ _ _ _ _

1. vasco perde para americano por 3x2, em são januário, para um público de 732 torcedores.
_____

2. corinthians perde para o paulista, por 1x0, time que tava na zona de rebaixamento do paulista. ah, no pacaembu.
_____

3. são paulo perde para bragantino, em bragança paulista.
_____

4. palmeiras empata com o lanterna rio branco, por 2x2.
________

5. inter perde por sonoros 3x0 para o são josé, de porto alegre. 
_ _ _ _ _

e, aqui em santa catarina, o figueira empatou o clássico contra o avaí aos 49 minutos do segundo tempo. que coisa melhor pode acontecer num clássico? numa bola cruzada na área, até o goleiro alvi-negro nela, o camisa nove do figueira bateu pro gol, sem muita força, e a bola passou por mais de quinze jogadores e morreu no fundo do gol. coisa mágica.
_______
o futebol.
_____
e ainda tem gente que alega: os estaduais têm times fortes, que dificultam os jogos. aaah, tá. então tá explicado, né não?
______
ítalo.

domingo, 21 de março de 2010

caindo de produção ¬¬

(favor ler com muita, muita descontração)
_ _ _ _ _
que coisa absurda essa queda de rendimento do time do santos. depois de meter 10 num qualquer, faz 9 em outro qualquer. assim não dá! quer dizer que no jogo seguinte serão 8??? ah, não, daí não assisto mais.
______
ah, ok, tudo bem, lembraram-me de que o time hoje tava sem neymar e robinho.
_____
hmmm... tudo bem, então. dou uma colher de chá.
_______
mas quero 12 no próximo, hein?!
e doze dancinhas diferentes pra cada gol.
_ _ _ _ _
êita que tá bom demais de acompanhar esse time. fiquei entre o clássico no vazião, e o jogo no pacaembu. se vai ser campeão estadual, não sei, mas que dá gosto de ver, dá. tomara que vença mesmo, pra fazer justiça. mas futebol nem sempre (quase nunca) é justiça...
_____
ítalo.

há coisas que só acontecem....

...ao botafogo.
__________
foi um clássico bom, muito bom. em termos de qualidade técnica, nem tanto. mas em disposição, correria, e jogadas criadas, foi ótimo de se acompanhar.
________
um time com jogadores de muita qualidade, mas que não vem jogando nada. um time malemolente em campo, travado, que insiste em jogadas pelo meio ou em cruzamentos inúteis. mas que, até agora, vem dando algum resultado. porém, é notável que falta vibração ao time do flamengo. kleberson é uma aberração sem sal. adriano tá deprimido até dentro de campo. vágner love é o que mais corre, mas é limitado. pet tá bicudo, nota-se. e os demais são os instáveis de sempre. com exceção do willians, incansavelmente roubando bolas. e este comportamento não é coisa deste jogo, só. já vem se repetindo. é preciso não mascarar isto.
_______
já o botafogo... coitado. quase deu pena de tomar o empate aos 48 desse jeito. mas pediu por isso. jogou melhor do que no jogo da semi da guanabara. tocou mais a bola, correu barbaridade, mas há muitas limitações ali também. caio já tá virando cai-cai. herrera é tipo vágner love. corre, briga, insiste, mas é limitado. ainda assim fez dois gols, mesmo batendo mal o pênalti. mas de resto, o que é o botafogo além de muita disposição? quando podia matar o jogo, recuou, não criou nenhuma jogada de contra-ataque, e... água mole em pedra dura... mesmo jogando mal, o fla empatou. o que sobra em um, falta no outro, este é o quadro atual entre os dois times que podem mais uma vez fazer a final do carioca.
________
enfim, para um jogo que nada valia, foi ótimo. deu pra rir um monte, irritar-se mais um monte, e vibrar com quatro gols. mas é preciso que os dois times se reforcem para a sequência do ano. desse jeito, o bota vai jogar pra não cair (cadê a novidade?). e o fla, com essa moleza em campo, a crise vai rolar solta, como sempre.
______
p.s.: público no engenha: pagantes, pouco mais de 6 mil. presentes: menos de 10 mil. e ainda dizem que os estaduais empolgam...
___
ítalo.

quinta-feira, 18 de março de 2010

propondo novas crises

hoje é um dia em que a segunda maior torcida do país está saltitante! é o dia pós-derrota do flamengo, que tem o privilégio de acumular as duas maiores torcidas (a pró e a contra).
______
estamos só em março. e no flamengo, mesmo com uma sequência de vitórias, mesmo sendo o atual tricampeão estadual, o atual campeão brasileiro, um time que se não é a oitava maravilha, tá muito à frente da maioria dos times do brasil, já existiram mais crises e polêmicas do que poderiam existir em vários outros times durante um ano todo.
______
a contar:
___
carnaval na sapucaí
às vésperas da semifinal da taça guanabara, diversos jogadores do flamengo apareceram no sambódromo carioca. enquanto isso, os alvinegros “sumiram” nos dias de folia. em campo, o rubro-negro jogou melhor, mas perdeu por 2 a 1 e teve de ouvir insinuações sobre um suposto abuso na preparação para a partida.
_____
episódio chatuba
confusão entre adriano e a noiva respinga em outros jogadores, que têm os carros danificados. imperador sente o baque, perde dois jogos, mas faz as pazes com joana machado e volta aos treinos sorridente.
______
advogados de adriano
bruno e andrade são criticados pela forma que escolheram para defender o Imperador. o goleiro questiona: “quem nunca meteu a mão numa mulher?”. criticado até pela presidente patrícia amorim, ele pede desculpas e diz que se expressou mal. já andrade culpa a imprensa pelo noticiáro negativo. o médico do clube e da seleção, josé luiz runco, também entra no assunto ao dizer que a bebida não interfere no desempenho do imperador.
______
love na rocinha
imagens mostram o atacante escoltado por homens armados em baile funk da favela. polícia chama o artilheiro do carioca a depor. flamengo coloca advogados à disposição, mas não se pronuncia oficialmente sobre o caso.
_ _ _ _ _
então, diante disso, promovo que façamos, todos, flamenguistas e anti-flamenguistas (afinal, ter as duas maiores torcidas do país dá nisso), enfim, que promovamos aqui as possíveis futuras polêmicas que rolarão na gávea.
_____
por exemplo, por que não, ora pois:
___
- vagner love é afastado até junho, quando acaba seu contrato, por overdose em cocaína.
- petkovic decide treinar quando quiser também. não tá nem aí. (e é o autor do gol do tetra estadual, de novo de falta).
- adriano paga rodada de chopp para o time durante treino de segunda-feira pós-derrota para o botafogo.
- bruno é suspenso por defender três pênaltis na final do estadual.
- andrade é flagrado cumprimentando um bispo de uma igreja universal que tem a ficha suja com a polícia.
______
enfim, creio que os frequentes leitores destes pitacos tem ideias ainda melhores do que pode pintar de sujeira na gávea. afinal, não é isso que rende notícia, vende jornal e revista, dá ibope na tv, na internet e no rádio? ora, sendo hexa, penta, ou um mero monotítulo, somos assunto até em virada de ano.
______
ítalo.

quarta-feira, 17 de março de 2010

os clássicos em nomes-chaves

fico pensando nos dois clássicos de domingo, e percebo que é possível contá-los sem entrar em detalhes, mas sim com, digamos, palavras-chaves, ou nomes-chaves.
_____
vamos lá:
______
dancinhas: na vila belmiro, além do querer ganhar no placar, havia uma disputa por quem apresentava as melhores danças nas comemorações. dava gosto de ver. ri à beça a cada gol. olha, se outros times adotassem tal brincadeira, quanto melhor não seria assistir aos jogos, não? (ou alguém vai vir com aquele papinho preconceituoso, de que os jogadores tem que ficar ligados no jogo, na bola, e não em comemorações). blá blá blá.
armero: foi “o cara” na hora da dança. o que é aquilo, minha gente? um espetáculo! um domínio dos movimentos, uma sincronia nunca vista!
______
robert: três gols, música no fantástico. mas o terceiro gol dele foi um baita golaço! ele me lembra o obina, sabiam? não só no físico, não... ou alguém se empolga com o fato dele ter feito três gols?? menos, né, gente, bem menos. já basta a babação de ovo em cima de uns caios e welintons da vida.
______
phillipe coutinho: por falar em babação, taí outro que caiu no gosto da mídia. o tal. de fato, foi o melhor em campo no maracanã. correu, tocou bem, driblou melhor ainda, mas e daí? esse guri não sabe chutar. esse guri não tem confiança no próprio taco na hora de decidir. foi assim na final da tg contra o bota. por isso que eu digo: menos, bem menos pra cima dessa molecada que a mídia quer apresentar como craque.
_______
dodô: não era nem pra jogar o clássico. aí o casalberto foi vetado, e foi dodô pro jogo. e o que mais me chama a atenção no dodô, é que ele fica sempre com a mesma cara de bunda. se faz gol, se erra, se perde um, dois ou três pênaltis. ele não muda de expressão. ôxe, dá uma vontade de torcer por um jogador assim... tenho pena dos vascaínos...
________
bruno: é o cara que melhor pega pênaltis no futebol brasileiro hoje. é uma topeira na hora de falar algo, mas sabe como intimidar um batedor na hora da penalidade. contra o santos, ano passado, pegou dois pênaltis batidos pelo paulo henrique ganso. pegou mais um do lúcio flávio. nas duas disputas de pênaltis do carioca (07 e 09), pegou duas cobranças em cada uma, e domingo mais dois do dodô. pode falhar vezemquando, como de fato falha, mas na hora do pênalti é “a” segurança.
_______
adriano: vâmo deixar o cara em paz, né, gente? que chatice essa de a cada dia vir com mais e mais insinuações de que o cara é bebum, drogado, traficante e o escambau. é minha teoria: o pior não é quem veicula esse tipo de coisa. o pior é quem acredita nisso tudo. e, pior ainda, quem usa isso como argumento contra o jogador que o cara é. alguém aí pra criticar o jogador adriano?? pô, o cara chega, joga nada, nem precisa, faz um gol, e pronto. o dodô não bebe, não fuma, pede música evangélica no fantástico, e joga sem porra de vibração nenhuma. e aí? ah, pelamor, né... essa necessidade das pessoas de se meterem na vida dos outros beira ao ridículo.
_____
willians: o beijoqueiro. já escrevi sobre isto no post abaixo. a figuraça da rodada!
__________
enfim, dois clássicos que pouco ou nada valeram, afinal, é fase de classificação nesses chatos estaduais. mas foram dois clássicos que renderam ótimas gargalhadas, pelo menos a mim. e foram dois jogos muito bons: movimentados, bem disputados, e com lances pra lá de curiosos. futebol é isso, meu povo! êta coisa boa!
_____
ítalo.

terça-feira, 16 de março de 2010

a diferença

há quem diga que o futebol é uma espécie de emburrecedor das pessoas. que o futebol só torna as pessoas mais grosseiras, machistas e violentas. e que, por isso, acompanhar futebol é de uma burrice sem tamanho. como se, pelo fato de uma pessoa gostar de futebol, isso a torne uma pessoa estúpida. como se futebol não pudesse nunca ser discutido, conversado, ou até mesmo motivo de boas risadas.
_____
generalizar é o que há. torna-se tudo tão fácil, não?
_____
não é preciso querer tapar o sol com a peneira e argumentar que futebol não tem relação com violência. infelizmente, tem. e o caso da pancadaria no campeonato goiano, entre jogadores e torcedores, só prova isto. a briga com mortos entre torcedores de flamengo e vasco, final de semana, só prova isso. mas daí a dizer que todo torcedor é briguento, que todo jogador é tapado e violente, menos, né, não?
______
futebol é magia também. não só. é violência. mas é encanto. é paixão. é inteligência. é cultura. se assim não fosse, não significaria tanto quanto significa no mundo todo, mesmo que para alguns não passe de uma forma de manipulação, como se tudo o que gira no mundo não fosse isto: manipulação, tomada de poder sobre o outro, jogo de interesses. hipocrisia de menos faz bem pra caramba.
______
futebol é, sim, uma grande porcaria em cenas como a mostrada acima. mas é também gratíssima surpresa em cenas como esta abaixo.
_____
um singelo beijo do jogador willians, do flamengo, no jogador phillipe coutinho, do vasco. rivais por demais. pênalti de willians sobre coutinho (que foi o melhor em campo no clássico, inclusive). e, como pedido de desculpas, e preocupado em não ter machucado o companheiro de profissão, willians deu um belíssimo de um beijo no jovem jogador vascaíno. foi a cena de maior surpresa do futebol no final de semana. só não foi de maior relevância que os dois pênaltis defendidos pelo bruno, pois não influenciaram tanto no resultado do jogo.
_____
e, claro, como não poderia deixar de ser, há aqueles que escancaram o que são e pensam: que o ato do willians foi de uma bichice sem tamanho. que jogador do flamengo é assim mesmo, um preto bicha. que torcedor é igual. ora, como não? generalizar é o que é, não é, não?
____
ítalo.

segunda-feira, 15 de março de 2010

alegria alheia incomoda

versinho da música "erva venenosa", da rita lee.
e que serve como luva para o futebol.
a alegria alheia incomoda por demais nesse mundo da bola.
se a guriada do santos se diverte em campo, é motivo pra descer o cacete neles.
se brincam nas comemorações, é porque estão debochando.
se o palmeiras vira pra cima do santos, e retribui as palhaçadas, tá provocando também.
a gozação faz parte do esporte. tem que fazer parte do esporte.
mas é tão difícil de ser aceita.
ô bando de ressentidos.
_____
hoje foi dia puxado. durante a semana mandarei uma letra aqui sobre os dois clássicos.
a choradeira já rola solta de todos os lados.
e os risos também.
afinal, já escrevi aqui inúmeras vezes, quem ganha tem todo direito de comemorar e esculhambar geral.
quem perde, baixa as "oreia" que uma hora haverá de ganhar (mesmo sendo eterno freguês :)
_________
vai um textinho aqui do curt, que não é gabriel, mas é o pensador.
e, como já dito aqui também, o espaço tá aberto pra todos os quiserem mandar uma ideia ou
tirar um sarro. futebol precisa ser isto, alegria, mesmo que ela incomode.
_ _ _ _ _

"Novas regras impostas pela CBF para FLAMENGO x vasco.
A CBF acaba de determinar novas regras para o clássico dos milhões,
principalmente em partidas decisivas, com o objetivo de equilibrar os
resultados dos futuros encontros entre ambos
regra nº 1: A escolha dos árbitros e assistentes da partida ficará a critério do Sr. Eurico Miranda, na ausência do traq, ops, Dinamite;
regra nº 2: Os jogadores do Flamengo que forem destros não poderão fazer gol com a perna direita, e os canhotos não poderão fazer gol com a perna esquerda;
regra nº 3: Os atacantes do Flamengo não poderão entrar na área do vasco;
regra nº 4: Em bolas paradas para o vasco o Flamengo não poderá formar barreira;
regra nº 5: O goleirão Bruno não poderá realizar defesas com a mão;
regra nº 6: Para cada 3 torcedores do vasco no estádio o Flamengo poderá ter 1. Neste caso, a média prevista por jogo é de 1.200 pagantes);
regra nº 7: Cada 6 gols da equipe do Flamengo valerá apenas 1;
regra nº 8: O jogador que tiver nome de Adriano só poderá jogar 2 minutos por jogo;
regra nº 9: Qualquer contato físico no jogador do vasco Dodô será caracterizado como penalidade máxima, independentemente da faixa de campo onde o jogador se encontrar;
regra nº 10: O jogador do Flamengo que completar no jogo 5 roubadas de bola será automaticamente expulso da partida;
regra nº 11: O técnico do Flamengo está proibido de realizar substituições;
regra nº 12: O jogador do Flamengo Léo Moura não poderá dar nenhuma caneta nos jogadores do vasco. Caso isso ocorra, será punido com a suspensão de 10 partidas;
e regra n° 13: Jogadores que não são brasileiros (tipo Pet) não poderão cobrar escanteios, faltas e só poderão encostar na bola dentro do campo de defesa.
A CBF esclarece que o objetivo dessas regras é tornar mais equilibrados os jogos entre Flamengo e vasco, já que a monotonia e constância de apenas UM resultado tem afastado a torcida dos estádios.
SRN"

sábado, 13 de março de 2010

clássicos, aê

depois de uma boa rodada de jogos da libertadores, voltamos a atenção para os chatos estaduais. mas até que este final de semana será suportável, pelo menos para a turma que torce pros times de rio e de sampa. dois clássicos de empolgar. senão pelos times atuais, por seus históricos.
_______

flamengo  e vasco já foi considerado o "clássico dos milhões", nesse início de século. bobagem pura! há muito que não se tem um fla x vas que realmente empolgue. mas tá bom, é o que temos hoje. o campeão da série a contra o campeão da série b. um time que a cada semana tem uma bomba sendo estourada em sua sede, contra outro que mantém o estigma de perdedor. bastou ser vice do botafogo para o time se mostrar abatido demais, jogando super mal, vencendo na conta do chá, e ainda tendo de aturar uma torcida que pouco tem comparecido aos jogos, o que mostra que sentiu o baque, assim como o time. mas... nada como um clássico contra um time badalado por natureza como o flamengo, que, se não vem empolgando, ao menos vem vencendo e apresentando um padrão de jogo satisfatório. o que não significa que vencerá o clássico, mas tem mais time, sim. e terá de saber jogar com esse favoritismo. 
dados do clássico: 345 jogos. 133 vitórias do fla. 122 vitórias do vasco. 90 empates. 477 gols pró-fla. 465 gols pró-vasco.
_____________________
na vila belmiro, um clássico entre "o time do momento" e "o time do desespero". o palmeiras parece o vasco: entrou numa depressão sem fim. caiu demais de rendimento no brasileirão do ano passado, nem vaga na libertadores conseguiu, e tem um início de ano pra lá de complicado. jogadores que antes rendiam muito, como armero, cleiton xavier, diego souza e marcos, hoje convivem com altos e baixos assombrosos. e, tal como em são janú, o clima com a torcida tá pesadíssimo. já do outro lado, na vila mais famosa, um time que tem "voado" em campo. além de manter uma sequência impressionante de vitórias, tem jogado bonito, tem dado espetáculo. mas eu já escrevi aqui: isto não durará o ano todo, não. é preciso o torcedor santista curtir o momento, mas saber que pode perder neymar e robinho na metade do ano, e que é preciso reforçar o elenco para a disputa de um brasileirão. porém, o momento é do alvi-negro praiano. que joga como favorito neste clássico, sim, e terá de saber jogar em cima disso, tal como o fla.
dados do clássico: 288 jogos. 123 vitórias do palmeiras. 89 vitórias do santos. 76 empates. 511 gols pró-palmeiras. 424 gols pró-santos.
____
assistirei ao clássico paulista, e acompanharei, pelo radinho, o clássico carioca. domingo que promete, oê!
____
ítalo.

quarta-feira, 10 de março de 2010

acontece. ou... duas vezes de 6??

'pós longo tempo, fui jogar sinuca traveis. primeiro, a convite do fox. depois, a convite de meu pai. em dois dias diferentes, bóvio. e se tem coisa de que gosto é de jogar sinuca. té já escrevi sobre isto. aqui.
______
com o fox foi pauleira. eu abria duas vitórias, ele buscava. ele abria duas, eu buscava. e assim foi. éramos pra jogar vinte fichas, mas o troço ia ficar no empate, não tinha jeito. até que ganhamos uma ficha do dono do bar. aí foi o desempate. 11x10 pra mim. com direito a duas matadas de bola preta por parte do fox antes do tempo devido (sim, só jogo com a preta na mesa, porque se é pra jogar, é pra jogar com seriedade e riscos). e eu consegui matar uma preta, no preta a preta, mas na caçapa errada (sim, também jogamos, no preta a preta, com caçapa cantada. quem joga, sabe como é coisa séria).
_____
e do que mais gosto nos jogos não é nem do resultado, mas das jogadas que acontecem. deviam de ser filmadas, certamente. ou fotografadas no exato instante, enfim. porém, como sinuca e cerveja são sinônimos, fico impossibilitado de relembrar alguma jogada muito boa ocorrida nesses jogos recentes.
do que não posso deixar de lembrar são de duas surras que dei no pai. primeiro, jogamos uma melhor de três em uma mesa de bar. matei a preta antes da hora, ele ganhou a primeira. aí ganhei a segunda, matando a preta na hora devida. aí, na negra, humilhei total. em poucas tacadas, fechei o jogo e o deixei com seis bolas na mesa. sem dó nem piedade. é pai, mas jogo é jogo.

aí ele me jurou: na mesa oficial vai ter volta! pois fomos pra uma jogatina em mesa oficial, numa casa de sinuca, em jlle. melhor de 9, ou seja, quem ganhar 5 primeiro, fecha. e também lá e cá: ganhava uma, ele ganhava outra. acabei fechando em 5x3, em ótimos jogos. porém... a jura dele foi por água abaixo quando ele se deu conta de que eu acabei com o jogo e o deixei novamente com totais seis bolas na mesa. humilhação dupla!
jogar em mesa de bar e jogar em mesa oficial é diferente. em mesa de bar é jogo mais rápido, pra matar, de atque mesmo. em mesa oficial, grandona, é preciso saber matar, como também se defender muito bem. explorar bem a distância que a mesa propõe entre as bolas.
_____
particularmente, prefiro jogar em mesa grande. mas qualquer forma de sinuca tá-me valendo, até aquela com sete bolas de cores diferentes, valendo pontos e afins.
____
o negócio é jogar, papear, cervejinha pra acompanhar, êta vida boa.
___
ítalo.

domingo, 7 de março de 2010

a prova da decadência dos estaduais

sou chato. sou chatérrimo. não aguento mais esses jogos ridículos dos campeonatos estaduais, entre grandes e pequenos. no brasil todo isto! por três meses essa porcariada. e uma meia dúzia de clássicos que não compensam tanto jogo horroroso, não.
_____
pois esta semana foi divulgado um balanço das médias de público dos campeonatos estaduais pelo país, pubicado pelo jornal "lance". é de chorar em alemão, como diz o deitado.
______
No Ceará: média de 6.951 torcedores por jogo.
Em Pernambuco, 6.934.
No Rio de Janeiro, 6.131.
Em Minas Gerais, 5.780.
No Rio Grande do Sul, 5.772.
Em São Paulo, 4.823.
Na Bahia, 3.171.
E, no Paraná, 2.341.
_________
hoje, assistindo ao clássico vovô (merecidamente vencido pelo flu, em mais um jogo em que o botafogo se limitou a defender e a dar chutões pra frente), veio a informação de quem estavam presente no maracanã 17 mil pessoas. tenha dó, não?! isso que era um clássico! pois na quarta-feira passada, no mesmo maraca, pouco mais de duas mil pessoas assistiram a flamengo x madureira. sem contar o engenhão sempre vazio e idem são januário (exemplos cariocas porque é aos jogos que consigo assistir).
______
e o pior é que não se percebe movimento nenhum de, ao menos, mudar as fórmulas de disputas desses campeonatos enfadonhos.
_____
eu já escrevi aqui várias vezes: diminui-se o número de times, deixam os grandes se pegarem com mais dois ou quatro pequenos, e manda ver. jogos que valem alguma coisa, estádios cheios, mata-mata, um troço assim. ninguém mais aguenta essa chatice aí, não, é só acompanhar os números apresentados acima. e sem contar no preço absurdo dos ingressos. quem é que vai pagar 20 pila pra mais por jogo desses? tenha dó, né?!
_____
e eu volto sempre a este assunto porque sei que muitos outros torcedores-comuns, iguais a mim, têm outras ideias que ajudariam a dar algum valor a esses campeonatos sem graça.
____
ítalo.

sábado, 6 de março de 2010

gávea: o circo é aqui!


alguém ainda fica surpreso com escândalos pelos lados da gávea? seria ingenuidade demais, não? ao contratar o atacante, ano passado, o flamengo estava ciente de tudo o que viria acompanhando-o. e, se os torcedores não estavam assim cientes, deveriam passar a estar. e não há quem possa meter o dedo nessa ferida chamada comportamento extra-campo, não.
_____
ano passado, o pau quebrou na gávea de uma forma pior ainda. saíram, num barco só, forças como kleber leite, na época o manda-chuva por lá, e ainda foi junto o técnico cuca. pra completar, veio petkovic, que praticamente se escalou. ou seja, bagunça total.
____
resultado, meses depois? a conquista do hexacampeonato brasileiro. alguém ainda se lembra do furdunço do ano passado? ou dos constantes atrasos do adriano? isso é de fato relevante num clube do tamanho do flamengo, com um jogador da importância do adriano, que ainda foi artilheiro daquele bodega, jogando praticamente metade dos jogos somente?
_____
agora, num momento de festa total, ao qual todas as pessoas têm direito, sendo jogadores ou não, a noiva do cara pinta na área e faz o maior barraco. e isso respinga no clube, que terá o desfalque do imperador no jogo contra o caracas, na venezuela, pela libertadores, um campeonatozinho um pouco mais importante que o carioquinha, não? pois então, a pergunta que fica é: isso é normal? isso é certo? jogador fazer o que quer, treinar quando quer, e jogar quando quer?
_____
numa visão tradicional, não, não é nenhum pouco correto. porém, isso é quase uma cláusula contratual: jogo no flamengo, se eu puder fazer o que quiser. tá errado? ok, tradicionalmente, estaria errado. porém, adriano não é jogador tradicional. o flamengo não é um clube de esquina. qualquer porcaria de espirro lá dentro vira capa de jornal. é do clube isso. é apelo popular. é o que vende jornal, crise na gávea.
____
se estou preocupado com isso? nenhum pouco. abalado? longe disso. surpreso? pra quê? o cara simplesmente chegou e foi um dos principais jogadores da conquista do hexa. o ano tá só no começo. e nem é a primeira crise que estoura na gávea. e nem será a última, e eu tô nem aí pras próximas que vierem. para ter um jogador decisivo como ele, as condições são estas, e pronto. criar caso por isso? nem pensar. o torcedor do flamengo tem mais é que aproveitar os momentos decisivos do cara.
___
e sobre o pet? ah, só mais uma crise boba por lá... daqui a pouco ele mete mais uma falta daquelas, ou um golzinho olímpico, ganha um título, e alguém vai lembrar disso?? futebol são conquistas. quando elas pintam, tudo de ruim se apaga. quando elas não acontecem, tudo que está bem vira crise.
_____
ítalo.

quinta-feira, 4 de março de 2010

seleção, copa, ronaldinho e suas inutilidades

noves fora o jogo da seleção contra a irlanda (mais um amistoso chato de se assistir, que pouco ou nada valia), as atenções estão voltadas para o grupo que será fechado e levado à copa pelo técnico dunga. e, mais especificamente, a atenção está em apenas um assunto, ou apenas um nome: ronaldinho, o gaúcho.
de um lado, a imprensa e sua especialidade: aumentar os fatos e contribuir para a falta de memória da população. de outro lado, a comissão técnica da seleção e todo o trabalho feito desde 2007.
ronaldinho, de fato, tem jogado bem neste começo de ano. em alguns poucos jogos do final do ano passado, o jogador também roubou a cena com atuações empolgantes. e este ano tais atuações têm se repetido com certa frequência.
acontece que este mesmo jogador que agora “come” a bola em campo, nos últimos três anos esteve apagadíssimo. suas atuações limitavam-se a toques de bola de lado, curtos. nenhum drible, nenhuma cobrança de falta, nenhum lançamento, muito menos um gol. e agora, há poucos meses da copa do mundo – e da convocação oficial da seleção brasileira –, eis que o “gênio da bola” (como é tolamente tratado por ufanistas da imprensa) resolve jogar alguma coisa e ajudar o seu time, o milam, a não deixar a inter de milão de distanciar na liderança do campeonato italiano.
pois bastaram três jogos em que fez gol, driblou e tudo o mais que sabe fazer, para que a cobrança em cima do técnico dunga não parasse mais. e é aí que se reside a incoerência desse clamor todo pelo atleta.
ao assumir a seleção, dunga fez uma série de testes. diversos jogadores em diversas posições. inclusive ronaldinho foi convocado algumas vezes, esteve em campo, mas nada acrescentou. e, a partir do ano passado, dunga mais ou menos fechou grande parte do grupo que pretende levar à copa. a seleção, com aquele grupo, conquistou várias vitórias seguidas, perdendo apenas um jogo, para a bolívia, em la paz, pelas eliminatórias. até aí estava tudo muito bem, tudo muito ótimo.
pois justamente agora que a seleção tem um time (facilmente é possível aos torcedores nacionais escalar os “onze” do técnico dunga, com exceção da dúvida cruel na lateral-esquerda, posição que vários jogadores assumiram, mas que nenhum conseguiu garantir com boas atuações). pois então, agora que o time está praticamente formado (inclusive os jogadores reservas), e agora que a seleção encorpou um estilo de jogo e obteve resultados muito expressivos, surgem críticas ao treinador e à comissão técnica pela simples e óbvia não convocação de ronaldinho.
nunca vi exemplo mais gritante de falta de memória da imprensa e da população brasileira. jogadores que deram conta do recado são “escalados” para dar lugar a ronaldinho. o ramirez que arrebentava no cruzeiro, que era clamor nacional para a seleção, agora não presta mais. elano e júlio batista, que já garantiram títulos e vitórias à seleção, nesse histórico recente, agora não servem mais. ou seja, é como se qualquer um ali fosse trocável para que o “intocável” ronaldinho seja chamado ao grupo.
ronaldinho teve suas chances, e não as aproveitou. enquanto isso, enquanto o cabeludo esquecia de jogar bola, outros devidamente tomaram seu lugar na seleção, e souberam manter-se ali. portanto, nada mais natural do que a manutenção do grupo formado até agora (o que nos permite criticar a convocação repentina de jogadores como grafite e carlos eduardo para este amistoso contra a irlanda. mas acredito que foi apenas uma convocação-tapa-buraco. não creio que esses dois jogadores vão à copa, não).
concordo com o argumento de que falta um reserva para o kaká. não um reserva que jogue como o kaká, pois isto nem ronaldinho consegue. mas alguém que faça a função do kaká de modo eficiente. mas a posição e o jeito de jogar de ronaldinho não são nada parecidos com a posição e o jeito de jogar do kaká. e acho a maior palhaça essa história de “novo quarteto”, com ronaldinho, kaká, robinho e luís fabiano (sim, adriano tem que ser reserva do fabuloso, pelo momento incrível, no clube e na seleção, que o atacante do sevilla vive).
copa do mundo é momento, certo. mas formação de grupo para a copa não é simplesmente momento. é todo um trabalho a longo prazo, que o técnico dunga mostrou saber fazer até esse momento, conquistando resultados de muita expressão. finalizando essa meio que inútil conversa. não creio que ronaldinho será chamado para a copa. e não acho isso o fim do mundo, não. e já apresentei meu ponto de vista para isto. mas, caso seja chamado, ok, alguma coisa de bom poderá fazer pelo país. quem sabe? se for, vai para ser banco. um jogador reserva respeitável, sem dúvida. porém, se resolver jogar como tem jogado. se for o sonâmbulo que foi nos últimos três anos, de nada adiantará. e ele é bem capaz das duas coisas. até mesmo num jogo só ele consegue brilhar e se apagar.
_____
ítalo.