quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

quem não faz... (ou: por hexa eu não esperava!)

não pensei que seria hoje que eu teria de conviver novamente com a frustração de uma derrota. não pensei que meu time perderia para um time que só joga a bola na área. não pensei que meu time perderia tantos gols.
_____
já imaginava que a defesa do meu time falhasse e tomasse uns dois ou três. mas tinha confiança no poder de gol do meu time.
_____
mas o futebol reserva só isto aos torcedores: surpresas.
____
tava tranquilo no começo do jogo. um domínio único do time de vermelho e preto. como esperado. e dá-lhe perder gols. aí, veio o primeiro. pois não demorou muito e, numa bola jogada na área, gol do time de preto e branco. ô defezinha!
____
pois todo um segundo tempo de massacre vermelho e preto. e só chutões do lado de lá.
_____
aí bateu o nervosismo no sujeito aqui. aí eu comecei a ficar irritado. aí eu pensei: quem não faz, leva.
_____
pois aos 37 minutos, depois de um caminhão de gols perdidos pelo meu time, eis que o time de preto e branco lança outra bendita bola na área e, em outra sobra de bola, faz o segundo gol. o gol da virada. o gol da vitória. o gol da classificação.
______
desde outubro, contra o barueri, eu não sabia o que era perder. e aquele jogo nem pude ver.
___
o último jogo a que assisti e perdi havia sido contra o grêmio, há longínquos sete meses. outro jogo em que meu time perdeu um caminhão de gols, e conseguiu tomar sonoros 4.
____havia um único e ilustre botafoguense no bar onde assisti ao jogo. saí de meu reduto, aqui em casa. botei fé mesmo no meu time. joguei a superstição pro alto. e tomei na cabeça!
____
cumprimentei o feliz botafoguense ao término do jogo. desejei sorte a ele na final. e prometi o troco no segundo turno.
___afinal de contas, já escrevi aqui, no futebol não há nhenhenhem de justiça. vence quem bota a bola pra dentro mais vezes.
_____
e comemora quem ganha, silencia quem perde.
___
porque se o mundo é mesmo uma bola, como é, ele dá voltas. e de repente tudo vira outra vez.
_____
ítalo.

2 comentários:

A Moni. disse...

Ítalo!

Sempre bom receber teu comentário, sempre gentil! Obrigada.

E confesso...tava agorinha mesmo pensando nos 'conhecidos' flamenguistas, mandando mensagens pra alguns, ligando pra outros e lembrei de ti. Não quis vir de imediato, ainda que a alegria da vitória tome a gente por completo, vc bem sabe...

Mas é como você disse. Houve sim quem mandasse no jogo - vocês - mas concordando de novo contigo, a partida se faz, de fato, de resultados. Vivo isso intensamente aqui...

Vi apenas na TV os melhores lances, infelizmente, pois aqui passou o nosso estadual. Mas fiquei acompanhando minuto a minuto pela internet. É tão mais sufocante! rs

Bom, hoje foi a nossa vez. Mais adiante...quem sabe?

Obrigada pelos parabéns, por ter parabenizado também o alvinegro solitário lá do bar. A vida é assim mesmo. E nem por isso a gente deixa de ser feliz. Transcrevo pra ti um trecho da coluna "boleiros" do Nando Reis. Não sei se conheces, mas ele escreve sobre futebol com uma linda sensibilidade também:

"(...) Fomos ao estádio, eu e meus dois pequenos, em busca de diversão. Sabia que dificilmente o São Paulo seria campeão e quis levá-los no campo justamente por isso: para mostrar que a graça do futebol está na disputa.
Querer que a alegria da vida esteja só na vitória garantida é estrangular até o sufocamento as múltiplas formas de prazer. Limitar a felicidade ao píncaro do pódio é perder de vista a graça de olhar para cima, a dádiva de olhar para o futuro e ver que nada está seguro – portanto, se nada está definido tudo pode ser pretendido. Fundamental é saber desejar.(...)"

Beijo grande e ótima semana!

Eduardo disse...

pois é... não deu para o hexa dessa vez...
é esperar que façam melhor na Taça Rio...

Abraço..