segunda-feira, 27 de julho de 2009

o fator obina


os três gols feitos pelo obina no clássico contra o corinthians, ontem, deixaram atônitos não só os felizes palmeirenses ou os derrotados corinthianos, como também a todos que acompanham ao menos um pouco de futebol.


não faz muito tempo que o obina saiu do flamengo pelas portas do fundo. depois de três anos no clube carioca, alternando altos e baixos (período de secas e trombadas com gols marcantes em jogos decisivos), e tendo conquistado o carinho da exigente maior torcida do país, o simpático jogador baiano chegou a um estágio alarmante neste 2009: até quase a metade do ano não havia feito um único gol! e perdido ainda dois pênaltis, sem contar os gols sem goleiro.


era mais do que necessário, a ele e ao clube (mais a ele, claro), uma mudança de ares. e assim foi feito. por empréstimo, obina chegou ao parque antártica, após pedido feito (pasmem!) pelo exigente treinador vanderlei luxemburgo (o mesmo que comprou briga com a promessa keirrison, ao ponto de excluí-lo de sua equipe, o que veio a causar a demissão do próprio treinador).


e agora, pouco mais de um mês e meio dessa mudança de ares, obina volta a ser o centro das atenções, em um campeonato com ronaldo, adriano, e fred como as grandes estrelas. e, pasmem II, obina será comandado por aquele que eu considero, ainda, o melhor treinador no país, o atual tricampeão brasileiro (que seria treta seguido, caso o título de 2005 não fosse roubado para o corinthians, ficando o inter com o vice), muricy ramalho.


é preciso cautela ao torcedor palmeirense com esse momento do obina. é preciso admitir que ele não é melhor que o eto'o, como cantava a torcida do flamengo, e nem que ele é um excelente jogador. não. o obina é um bom jogador. somente um bom jogador. mas um jogador esforçado e com um carisma que parece contagiar até aos mais ranzinzas treinadores e torcedores (só falta agora ser treinado pelo leão!).


o fato é que é bom ver o obina jogar. basta acompanhar o compacto do clássico de ontem. fez três gols e, como não poderia deixar de ser, deu AQUELA pixotada ao tentar um cruzamento. o obina é a reencarnação do lendário fio maravilha. é a alegria do torcedor que somente quer curtir seu futebolzinho, sem se preocupar com questões de futebol-arte e o escambau.


ítalo.

Um comentário:

eudesenholetras disse...

Rsrsrs... Pois é, agora o que o mengo deve fazer é vende-lo enquanto ainda está em alta...

Belo post, parabéns pelo blog.